en   es   gl   pt  
HOME / GRANDES MESTRES /

EDUARDO BRAUN-MENENDEZ

Nascimento:

16 de janeiro de 1903
Falescimento:

16 de janeiro de 1959
Nacionalidade:

Chilena / Argentina
Campos de Atuação:

Fisiologia Cardiovascular
Prêmiação:

Doutor Honoris Causa concedido pela Universidade da California
Doutor Honoris Causa concedido pela Universidade do Brasil

Eduardo Braun-Menendez foi um notável cientista especializado nos campos da fisiologia cardiovascular. Nasceu em 16 de janeiro de 1903, na cidade de Punta Arenas, Chile, mas viveu boa parte da vida em Buenos Aires, Argentina. Obteve o título de Doutor em fisiologia, sob orientação do ganhador do Prêmio Nobel Dr. Bernardo Alberto Houssay. Após o doutorado mudou-se para a Inglaterra, período no qual estudou o metabolismo cardíaco na Universidade de Londres.

Ao voltar para a Argentina, Braun-Menendez associou-se à prestigiada equipe de pesquisadores do Instituto de Fisiologia do país, dando então continuidade aos seus estudos sobre o funcionamento do sistema cardiovascular e mecanismos de hipertensão arterial. Foi nesse período, a partir da relação observada por ele entre a manipulação dos rins e alteração da pressão sanguínea, que ele realizou a sua mais importante descoberta: a substância na época denominada por ele de hipertensina. É curioso notar que simultaneamente a esse feito outro cientista norte-americano chegava aos mesmos resultados em sua pesquisa: Irvine Page. Esse, por sua vez, deu o nome de angiotonina ao mesmo peptídeo por ele encontrado. Percebendo a coincidência em suas pesquisas, foi solicitado aos dois cientistas que chegassem a um nome consensual. A partir então da fusão dos dois nomes (angiotonina + hipertensina) chegou-se ao termo angiotensina. De qualquer forma, a descoberta de Braun-Menendez e Irvine Page mostrou-se fundamental nos testes bioquímicos e farmacológicos que resultaram na produção de um importante anti-hipertensivo: Losartan. Este fármaco mostrou-se eficiente nos diferentes modelos de hipertensão. Sabe-se atualmente que essa eficiência plural é devida ao fato do Losartan agir inibindo o sistema simpático, o qual está hiperativo durante um quadro hipertensivo. É importante salientar também que os dois cientistas se valeram em seus estudos de equipamentos inventados no século 19 (quimógrafo) para obter resultados de tamanha importância para a humanidade.

Braun-Menendez tornou-se líder em pesquisa cardiovascular do Instituto de Fisiologia e atuou como Professor Sênior e Assistente daquela instituição. Durante o mesmo período esse cientista foi professor e orientador do Dr. Eduardo Moacir Krieger. Foi também membro da Academia Nacional de Medicina de Buenos Aires e dirigiu o Instituto de Biologia Experimental e Medicina. Foi agraciado com o título de Doutor Honoris Causa concedido pela Universidade da California e pela antiga Universidade do Brasil (Atual Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ).

Fundou e dirigiu até 1959 a importante revista Ciencia y Investigación. Em 16 de janeiro desse mesmo ano o Dr. Braun-Menendez e sua filha faleceram em um acidente aéreo nas proximidades de Mar Del Plata.

O grupo argentino pioneiro em fisiologia cardiovascular: (1) Taquini, (2) Braun-Menendez, codescobridor da angiotensina, (3) Houssay e (4) Leloir, Ambos ganhadores do Prêmio Nobel.

Rolar para cima